Círculo 1Círculo 2Círculo 3

Criptomoedas sem mistério

8 de julho de 2019

Quando o Bitcoin se tornou uma “febre”, o assunto criptomoedas se tornou pauta de diversos veículos de comunicação e das rodas de conversas entre amigos. Mas, afinal, você sabe o que são as criptomoedas? Neste artigo, iremos te explicar tudo direitinho sobre a moeda digital, sem mistério e sem enrolação. 

O que são as criptomoedas?

As criptomoedas, de forma prática, nada mais são do que moedas digitais criadas com o objetivo de realizar pagamentos em transações comerciais. Ou seja, elas têm a mesma funcionalidade das moedas tradicionais que já conhecemos, como o real e o dólar. No entanto, tem que haver alguma diferenciação dos tipos já conhecidos de dinheiro, certo? E, de fato, existem algumas.

Além da óbvia diferença delas serem virtuais, temos outros pontos que as diferenciam: Descentralização, anonimato e baixos custos transacionais.

Quando se fala em descentralização, significa que as criptomoedas não necessitam de um banco central ou do Estado para sua regulamentação. Ou seja, as variações de preço da moeda são ditadas de acordo com a própria economia por trás dela. Isso faz com que o Estado tenha uma interferência mínima em comparação com moedas tradicionais.

O único componente central no sistema das criptomoedas é o Blockchain, uma tecnologia que funciona como um livro, registrando todas as transações realizadas. Esses registros são feitos pelos usuários espalhados pelo mundo. Esse modelo permite uma rápida verificação pública e dificulta a ação de hackers.

Transações realizadas com criptomoedas garantem um relativo anonimato, pois a maioria não exige nenhum tipo de informação pessoal do usuário para que o serviço possa ser utilizado. 

As poucas taxas existentes nas transações, são de funcionamento da própria rede. Além do mais, essas taxas são simbólicas. Por isso, as criptomoedas se tornaram bastante viáveis principalmente em operações internacionais, em que as taxas costumam ser bem altas se realizadas com moedas tradicionais.

Como funcionam as criptomoedas?

A cotação, compra e venda das moedas digitais são feitas de forma anônima pela internet. O dinheiro é armazenado em uma carteira digital e pode ser administrado por meio de um desktop ou um dispositivo móvel. Como já afirmamos, a tecnologia por trás das criptomoedas se chama Blockchain, que funciona como uma base de registro dos dados e transações realizadas entre os usuários. 

Como elas chegam no meu negócio?

A Zro Pay, nossa solução de pagamentos com criptomoedas, permite que você receba pagamentos em Bitcoin, Litecoin e Bitcoin Cash. Ao efetuar a transação, a cotação da criptomoeda selecionada é congelada, para que não haja alteração de valores, e convertida para real. O repasse é feito para a conta bancária cadastrada em dois dias úteis.

Como comprar e vender criptomoedas?

A compra e venda de criptomoedas é bem simples e pode ser realizada pela internet. Por meio de plataformas como a Bitblue, você precisa apenas realizar um cadastro gratuito e informar o valor em reais que deseja comprar ou vender.

Quais as mais valorizadas?

Após saber o que são as criptomoedas e como elas funcionam, agora é hora de você saber quais são as mais valorizadas do mercado.

Bitcoin

O Bitcoin é a primeira criptomoeda descentralizada do mundo e possui os fundamentos mais fortes entre as moedas digitais: desenvolvimento, adoção, liquidez, descentralização e segurança. Para verificar quando a moeda está valendo agora, basta clicar aqui.

Ethereum

Outra criptomoeda que possui fortes fundamentos é a Ethereum. Ela abre a possibilidade de serem criadas várias aplicações descentralizadas dentro da sua rede. Sua rede, por sinal, é a segunda maior do mercado de criptomoedas, perdendo apenas para o Bitcoin.

XRP

Desenvolvida pela Ripple Labs, a XRP é uma criptomoeda que tem como objetivo principal substituir o Swift, que é o sistema utilizado pelos grandes bancos pra realizar remessas internacionais.

Bitcoin Cash

O Bitcoin possui um bloco de transações limitados a 1MB, e para aumentar o tempo de velocidade das transações processadas pela rede, foi criado o Bitcoin Cash, moeda que possui um bloco de 8MB. Dessa forma, a criptomoeda tem como objetivo competir com o volume de transações de plataformas como o PayPal e Visa.

Litecoin

O Litecoin compartilha do mesmo código do Bitcoin, no entanto, possui algumas diferenças. Muitos a chamam de ‘a prata das criptomoedas’, com o Bitcoin sendo considerado o ouro. Assim como o BTC, a criptomoeda é muito segura, descentralizada e não possui nenhum ponto de falha.

E aí, tá manjando tudo sobre criptomoedas agora? Se curtiu o conteúdo, compartilhe com seus amigos e continue acompanhando nossos posts! 😉

Círculo 1Pontos 1

Por qual caminho você quer chegar no futuro?

Conheça Nossos Planos
Voltar
Ícone Seta para Cima